O Turismo Natural

Reservas de fauna e flora, parques nacionais: mais de 2 milhões de hectares protegidos


Nas paisagens de savana onde as florestas se desenvolvem aos longos dos vales e rios, as reservas abrigam as grandes espécies africanas: elefantes, búfalos, antílopes, macacos, leões e panteras, hienas, mangustos, crocodilos, hipopótamos e inúmeros pássaros.


Parque Nacional da Comoë

Ao norte da Côte d'Ivoire, é o mais importante pela superfície, 1,15 milhão de hectares e 500 km de pistas, mas também pela diversidade de seus animais


Parque Nacional de Taï

Seus 330 mil hectares se estendem ao oeste, entre Guiglo e Tabou. É a última floresta primária da África. Ela figura ao patrimônio mundial da Unesco. Taï possui animais raríssimos como o hipopótamo-anão. É um exemplo de tudo que foi o sul da Côte d'Ivoire; uma catedral de verdura cuja folhagem parecia tocar o céu, e que o próprio sol não ousava penetrar.


Parque Nacional do Banco

Na periferia de Abidjan, uma magnífica floresta primária de 3 mil hectares onde se encontram ainda algumas espécies majestosas da floresta tropical densa.


Parque Nacional da Marahoue

100 mil hectares ao norte da estrada Yamoussoukro-Daloa, tanto de savana quanto de floresta.


Parque do Monte Peko

Conhecido por sua flora de montanha e sua floresta primária, seus 34 mil hectares se estendem a mais de 1.000 metros de altitude.


Reserva de Assagny

Seus 17 mil hectares possuem um ecossistema muito particular de pantanais. É muito difícil a penetrar, mas pode ser sobrevoada, a partir de Kosrou, com uma vista extraordinária de Grand-Lahou.


Parque Nacional do Monte Sangbe

Ao norte de Man e ao oeste do rio Sassandra. Seus 95 mil hectares comportam 14 picos de mais de 1.000 metros. Ele é coberto de uma flora magnífica, e de vários animais.


Ranch de Abokouamekro

De organização recente, seus 21 mil hectares de colinas, savanas e florestas-galerias ao longo do rio Kan são excepcionais. Além das espécies tradicionais, ele mostra rinocerontes e girafas.

Voltar